Vantagens e Desvantagens da Crioescleroterapia

A crioescleroterapia é indicada para tratar varizes pequenas, chamadas telangiectasias.

É uma forma de tratamento das microvarizes que usa a glicose hipertônica, congelada em dispositivos especiais, como agente esclerosante que em uma temperatura abaixo de -40° passa a ter um efeito físico adicional e destrói, pelo frio, a parede interna do vasinho, eliminando-o.

O tratamento de varizes com crioescleroterapia é apenas uma das formas curá-las. As outras são a cirurgia, a escleroterapia de telangiectasias, a escleroterapia de varizes com espuma densa, guiada por ultrassom, o laser transdérmico e a microcirurgia. Cada método é indicado para casos específicos, ou seja, nem todas as técnicas podem ser empregadas no tratamento de todos os tipos de varizes.

O tratamento ideal é definido pelo médico especialista angiologista. A crioescleroterapia é indicada para tratar varizes pequenas, chamadas telangiectasias, que possuem calibre menor do que dois milímetros. Geralmente, o formato desse tipo de variz assemelha-se ao de uma teia de aranha.

É simples diagnosticá-las. O angiologista consegue identificá-las por meio de um exame clínico que é feito no próprio consultório, mas pode solicitar a realização de um ultrassom para confirmar a extensão da doença e definir como será feito o tratamento de varizes com crioescleroterapia.

crioescleroterapia

O tratamento é feito em mais de uma sessão e o médico avaliará quantas serão realizadas para eliminar todas as telangiectasias. Essa avaliação é realizada nas primeiras consultas, mas a quantidade de aplicações pode mudar de acordo com a resposta do organismo à crioescleroterapia.

Algumas vezes, o corpo pode apresentar reações adversas ao medicamento utilizado, que é resfriado a 20 graus negativos antes de ser administrado no interior das veias para extingui-las. Ou, também, a pessoa pode não tolerar o contato das agulhas bem finas, usadas para injetar o medicamento, com a pele. Tudo isso precisa ser avaliado pelo médico e a paciente durante o tratamento, e novas abordagens podem ser definidas quando o resultado não for o esperado.

escleroterapia

Algumas manchas roxas podem surgir na pele após a crioescleroterapia. Nesse caso, as pernas precisam ser protegidas do sol para não ficarem marcadas permanentemente. O tratamento de varizes com crioescleroterapia não exige nenhum cuidado além desse. A rotina da paciente continua a mesma depois das aplicações. É possível retornar às atividades habituais assim que a sessão for concluída.

Anúncios

Os comentários estão encerrados.

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: